Queen of Hearts: veja como foi a Semana #2 de Dota 2 + times finalistas

A última etapa do Circuito Feminino BB, enfim, tem os finalistas definidos. Pelo torneio de Dota 2, após os confrontos válidos pela Semana #2 do Queen of Hearts, campeonato premium com nada menos que R$ 23 mil em premiação total, tivemos Minas Club e Musketeers Esports como os times classificados para a disputa da grande decisão.

A Minas Club teve que lidar com a No Drama Llama em dois momentos para conseguir avançar até a finalíssima. Primeiro foi pela final da chave de vencedores da chave A, com vitória por 2 a 0.

Dessa forma, a No Drama Llama caiu para a loser’s bracket e eliminou a Ohh No Clan para se reencontrar com a Minas Club. Acontece que o roteiro foi o mesmo: vitória por 2 a 0 para a Minas.

Pela outra chave, os reencontros também deram a cara. Isso porque a Musketeers Esports encarou a Hateful Queens duas vezes. Pela chave de vencedores, a Musketeers levou a melhor por 2 a 0.

Caindo para a losers, a Hateful despachou a Colab Esports também por 2 a 0, mas sofreu o mesmo placar na decisão da chave B novamente para a Musketeers.

Com o término da Semana #2, Minas Club e Musketeers continuam na briga pela premiação de R$ 10 mil na finalíssima a ser disputada no dia 19 de outubro. A segunda colocada levará R$ 4 mil pra casa.

CHAVEAMENTO

 

 

FORMATO

O sistema do Queen of Hearts foi o de eliminação dupla: ou seja, com chaves de vencedores e derrotados, a equipe que perdesse até duas vezes no torneio dava adeus ao torneio.

ONDE ACOMPANHAR

Nos canais oficiais da BBL, sendo que:

Twitch: https://www.twitch.tv/bblesports
Facebook: https://www.facebook.com/BBLEsports/
YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCD9QNbz5S-Zv5ZRlDrwSxKA

LEMBRANDO QUE…

O Queen of Hearts é a última etapa do Circuito Feminino BBL. Com premiação total de R$ 23 mil, o torneio premium reúne equipes classificadas via Mad Hatter e também por qualificatório aberto.

Em março, o White Rabbit Cup foi a porta de entrada do circuito, numa etapa amadora que serviu para muitas equipes novas se apresentarem e sentirem o gostinho do competitivo. Na sequência, ocorreu o Mad Hatter, etapa intermediária que contou com duas temporadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *